quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Não consegui achar o autor da imagem. Mas serve para tantas coisas. No meu caso, para parar com hábitos ruins.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

De 3 em 3

Das palavras que eu gosto:
- Uníssono
- Esdrúxulo
- Estapafúrdio

Imagem:  http://favim.com
Das coisas que eu não entendo
- Gente que fala mal da aparência das pessoas
- Torcer por dois times
- Preconceito religioso (por outras religiões e por ateus)

Dos meus escritores (nacionais) preferidos
- Machado de Assis
- Adélia Prado
- Érico Veríssimo



Dos meus escritores (internacionais) preferidos
- Charles Bukowski
- Jack Kerouac
- Sylvia Plath

Das coisas boas para se fazer num domingo
- Brincar com cachorros
- Andar sob um sol ameno
- Escrever cartas

Das coisas que eu gosto de ver quando ando pelas ruas
- Alguém sorrindo para outra pessoa
- Crianças
- Ipês




quarta-feira, 4 de julho de 2012

Quem já tentou publicar um livro neste país, sabe o quanto é caro e difícil. Por isso, acho que quando alguém consegue, com mérito próprio, a gente tem que divulgar.
Uma conhecida, a Cyntia Bandeira Lino, publicou recentemente, seu primeiro livro chamado Desabafos de Mulher.
Neste link, do blog Diário da Ane,  http://www.diariovirtualdaane.blogspot.com.br/2012/07/entrevista-com-escritora-cyntia-lino.html você encontra uma entrevista com a autora.
O link para ler as primeiras páginas do livro dela é http://www.clubedeautores.com.br/book/127452--Desabafos_de_Mulher.

Boa leitura!

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Algumas pessoas são relevantes na vida da gente. Outras, não.
É bem simples assim.

domingo, 1 de julho de 2012

Ultimamente...

Tenho tido preguiça de sair de casa. Tenho escrito cartas. Tenho trabalhado. Tenho lido bastante. Tenho não retido nada do que leio. Tenho me sentido inadequada. Tenho sentido falta de um amor possível e disponível. Tenho achado que tudo que não dá certo é por um motivo único e bem específico. Tenho bebido muita coca-cola e comido doce além da conta. Tenho sentido irritação - com as pessoas e comigo. Não tenho feito planos. Tenho arcado com consequências. Não tenho feito caridade. Não tenho feito nada por mim. Tenho gastado dinheiro com besteiras. Tenho guardado choro. Tenho me reaproximado de pessoas. Tenho me afastado de pessoas. A vida não espera não.

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Quem vive de passado...

Algumas pessoas não entendem que o passado, passou. Por mais que tenha sido bonito, gostoso, importante, passou. E ficar dando uma de 'fantasma', querendo reviver ou retomar alguma coisa, não funciona.

quarta-feira, 28 de março de 2012

Felicidade é assistir "Barriga de Aluguel", no Viva, comendo bolacha de maisena com geleia de amora...

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Jane's Jabs

Eu fiz 37 anos. Não vi muita diferença dos 30 pra cá. Estou com o mesmo corpo, a mesma cara. Mas mais desencanada das coisas. Preocupando menos com o que não vale a pena.
**
Enquanto eu faço caminhada fico pensando em coisas lindas e profundas para escrever aqui. Sério, tenho ideias ótimas. Mas quando venho escrever... puf! Sumiu tudo! Aí escrevo essas besteiras mesmo.
**
Mas não fico achando que qualquer post meu daria um livro. Tenho autocrítica.
**

A vida perfeita para mim seria: muita grana para eu poder passar a vida lendo, estudando e viajando à cata de livrarias maravilhosas e livros nunca vistos antes. Queria ter uma estante repleta de livros bem cheirosos e bons de ler.
Falando nisso, hoje li um post no Drops da Fal (acho que foi escrito em Novembro) em que ela dizia suas melhores leituras de 2011. A minha foi esta:


É um livro que dá vontade de ler bem devagarinho que é pra não acabar. É sensível. É bem amarrado. É leve. Prende.

***
O que eu sei é que na vida, como na máquina de lavar, você tem que colocar a dose certa de Omo e de Vanish. Porque se for de menos não limpa. E se for demais, mancha.