quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Jabs da Janes

Eu sinto tanta falta de ouvir aquele chiadinho...

***

Sabe aquele sentimento que não tem nome? Não é tristeza, não é angústia, não é desespero porque é tudo isso misturado e ainda tem mais tempero? Pois é.

***

Se eu tivesse força, jogava a geladeira na cabeça de alguém.

***

Estou trabalhando. Contei para vocês? ☺

***

Vontade de dormir até amanhã, na hora do jogo.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Meme

A Pat me mandou este meme. E eu, num esforço bem grande de memória (que eu não tenho), respondo!
01. Há dez anos:
Estava começando a pensar em que pós-graduação iria fazer.

02. Há cinco anos:
Em 2004 eu estava me envolvendo com um moço que era meio louco, mas eu só iria saber disso bem depois.

03. Há três anos:
Re-encontrei meu primeiro amor. E descobri que ele ainda é o meu amor.

04. Há um ano:
Estava saindo de uma sociedade que me deixava insatisfeita. Depois a gente se arrepende...

05. Ontem:
Academia. Trabalho. Cervejinha com a família.

06. Amanhã:
De manhã, espero que dormindo. À tarde, trabalhando. À noite, espero que fazendo alguma coisa bem legal.

07. Cinco coisas sem as quais não viveria (tranquilamente, pelo menos!!):
Família, amigos, meus livros, trabalho e música.

08. Cinco coisas que eu compraria com 1.000 reais:
Acho que torraria tudo em livros. Ando com crise de abstinência.

09. Cinco maus hábitos:
Comer muito, ser impaciente, gastar muito dinheiro com bobagens, falar palavrão e tomar coca-cola.

10. Três coisas que me assustam:
Violência. Falta de caráter. O futuro.

11. Três coisas que estou vestindo nesse momento:
Sapatos muito altos. Blusa preta. Calça risca de giz.

12. Quatro das minhas bandas/cantores favoritos:
Chico Buarque. Rush. Tom Jobim. The Doors.

13. Três coisas que eu realmente quero agora:
Dinheiro. Passar em um concurso. Emagrecer.

14. Três lugares aonde quero ir nas férias:
Rio de Janeiro, sempre. Fortaleza. Itália.

Repasso o meme para: quem quiser responder...

domingo, 15 de novembro de 2009

Confissões

Ando angustiada com uma série de coisas. Pessoas próximas têm me achado triste e eu estou mesmo. Mas é só uma fase. E como tudo mais, vai passar.


Na última semana estive na cidade do Rio de Janeiro. É sempre muito bom. Pena que desta vez não encontrei Mônica, Denize, Jôka, Ana e Marcinha. Mas outra oportunidade chega rapidão.

Eu nunca tive medo do amanhã, do futuro. Mas hoje tenho. Muito medo.

Acabei de ler O Jogo do Anjo, do Carlos Ruiz Zafón. Adorei. Mesmo.

sábado, 7 de novembro de 2009

Quem é você?

Eu sou os livros que leio. As pessoas que conheço. As músicas que ouço. Sou os cheiros da minha memória. Sou um pedaço de cada lugar onde estive. Sou a esperança de onde ainda estarei. Dentro de mim, há o amor não realizado por um verbo imperfeito.
A soma de cada uma dessas coisas. Esta sou eu.

Minha Alma Canta...

Foto: site RioTur

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Currículo

Ficar sem trabalho às vezes pode ser uma boa.
Acha-se tempo para fazer aquele curso deixado para depois. Para ir à academia. Ler os livros acumulados na estante...
Mas tem uma hora que cansa.
Principalmente se você trabalha desde os 17 anos, tem um apartamento para pagar e não gosta de ficar ociosa.
Deixo aqui um resuminho do meu currículo para que vossas senhorias apreciem e, gostando, indiquem aos amigos. Se não gostarem, indiquem aos inimigos.

***
Sou jornalista, formada pela Universidade Federal de Goiás, em 1996. Tenho pós-graduação em Marketing pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Experiência em redação de jornal impresso, revistas, house organs e suplementos. Experiência em assessoria de imprensa e comunicação. Experiência na parte administrativa e pedagógica da área de educação.
Faço revisões ortográfias, de normas da ABNT (para trabalhos de graduação, pós e artigos científicos) e traduções para o inglês.
Meu currículo completo pode ser acessado no site do CNPq.
Além disso,
sou uma profissional dinâmica, focada em resultados, comunicativa, tenho fácil relacionamento interpessoal, capacidade de liderar equipes, dedicada ao trabalho, com habilidade para rápida assimilação e atualizada em minha área. Grande domínio da língua portuguesa. Experiência em gerência e administração de pequena empresa na área de Educação, com foco em Cursos de Extensão e Pós-Graduação. Experiência em coordenação e secretaria pedagógica. Experiência em Assessoria de Comunicação e Redação Jornalística. Produção de vários textos publicados em jornais e revistas locais.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Blog Day


Hoje comemora-se em todo o mundo o Blog Day 2009.
A data foi escolhida em razão dos dígitos 3108 se parecerem com a palavra Blog.
Para comemorar, indica-se 5 blogs para que as pessoas os conheçam. Quem teve a iniciativa foi o israelense Nir Ofir, para quem o objetivo da comemoração deve ser “alargar os horizontes” e criar novas conexões na blogosfera.
Minhas indicações:
Drops da Fal - Apesar de já ser referência no mundo blogue, é sempre bom dar uma conferida no que a Fal tem a dizer. Carregado de bom humor e tiradas sensacionais.
Apenas Rabiscos - A Mônica é mãe, namorada, filha, dona de casa. Enfim, gente como a gente. Só que muuuuito melhor escritora.
Antigas Ternuras - Ele "não é do tempo do dilúvio da Arca de Noé, mas pisou naquela lama". Vale a pena conhecer.

Hoje fico com estes três. Mas todos que estão na minha lista de links valem muito a pena.

Visitem o site: Blog Day

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Respondendo a cartinhas, e-mails, telegramas e telefonemas...

"Gentem", vamos lembrar aqui que este é um blogue de ficção (ou fricção, depende). Qualquer semelhança com nomes, pessoas e locais terá (ou não) sido mera coincidência.
As coisas que escrevo vêm das coisas que sinto. Tem Príncipe sim. Mas minha vida está looonge de ser um conto de fadas.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

sábado, 8 de agosto de 2009

Tenho Sorte

Eu gosto dos finais de semana. Não só pelo descanso, pelo ócio... Mas porque é aí que eu passo tempo com minha família: primos, tios... Toda vez que nos reunimos (seja a família materna, seja a parterna) sempre saem histórias engraçadas, boas risadas, muito colo, muito carinho. Beijos, "eu te amos". E, acreditem, isso é bom demais.
Costumo dizer que tenho muita sorte com as minhas famílias. Claro que há os conflitos, mas, sinceramente, há muito, muito amor. E nós fazemos questão de cultivar este amor com presença e apoio.
Os meses de agosto e setembro são muito especiais, porque abrigam muitos aniversários. Tia Clarice (tia-avó e mãe de outras encarnações) dia 01, minha "mãedrinha" dia 9, prima Paula dia 10, prima "Macia" dia 11, Mãe dia 28, prima Catarina (minha prima-irmã porque eu tenho certeza que a gente sempre viveu juntas) dia 05/09, meu irmão Daniel dia 24/09, primo Higor dia 25.
Estes são os de sangue. Fora aquelas famílias que são os agregados e os amigos. Destes eu cito Sílvia, 05/09, Alberto, 16/09, Thais 08/09, Domingas, 29/08, Samanta, 21/09 e Karla, 28/09.
Ainda bem que eu tenho muuuuito presente para comprar...

Imagem: Google Images

Esse Blog Acerta em Cheio!

Recebi da Patsunami este selinho:










Agora devo indicar dez pessoas para recebê-lo e avisá-las em seus blogs.
Fala aí que não é um charme essa pinup com o vestido levantado?
Meus indicados são:

Ana de Toledo
Angela
Carmim
Carol
Lizzie
Renata
Sheila
Suzi
Tâmara
Tina

domingo, 26 de julho de 2009

Selinho

Ganhei este da Carol, do "Quero Ser Vermelho" que eu não conheço, mas me identifico demais. A gente vai até tomar capuccino na Flip do ano que vem, juntas.




As regras:
1) Exibir o selo e as regras abaixo

2) Linkar quem te deu o selo

3) Indicar, na sua opinião, a nota 10 sobre:
*País: Brasil, meu Brasil brasileiro.
*Marca de batom: Uso bastante O Boticário, Lancôme e Natura
*Perfume: 273
*Revista de moda: Não costumo ler...
*Curiosidade sobre mim: Sou compulsiva por livros.

4) Mandar o endereço do msn pra gente se conectar sempre - Vou copiar o que a Carol disse: prefiro falar pra quem pedir.

5) Indicar 5 blogs que receberão este selinho:
Ilivia - Ilvia no País das Maravilhas
Mônica - Apenas Rabiscos
Suzi - Suzi
Tâmara - Intimidade
Tati - Veleidade


sábado, 25 de julho de 2009

Lista

Autoanálise

☺Tenho uma capacidade muito grande de disfarçar problemas sérios. Estou acabada por dentro, mas por fora, só sorrisos e brincadeiras.
☺Se me adularem quando estou triste, me acabo em prantos.
☺Não gosto de ser tocada por pessoas que não são da minha convivência.
☺Não abraço qualquer um.
☺Já passei por cima de princípios por um amor.
☺Já passei por cima de princípios.
☺Acordo de bom humor.
☺Algumas pessoas me deixam sem reação.
☺Minhas insatisfações são todas responsabilidades minhas. Aliás, como tudo o mais na minha vida. Dou graças a Deus de ter a consciência de que a única causadora das minhas alegrias e tristezas sou eu.
☺Sei que algumas mudanças dependem de mim. No entanto, neste exato momento, não tenho forças para realizá-las.
☺Fico irritada quando com fome.
☺Defendo muito quem eu amo.
☺Tenho defeitos horríveis.
☺Eu sou uma fraude.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Lista

Aleatória - 10 itens.
- Meu nome não tem acento. É Janaina.
- Adoro salto alto.
- Tenho alguns amigos que amo. E digo isso a eles.
- Não vivo sem família perto.
- Já vivi um grande amor.
- Quero viver outro.
- Não gosto de cobranças.
- Gosto do Jeff Bridges e do John Corbett porque me lembram uma pessoa.
- Sempre choro quando ouço Dindi, do Tom Jobim.
- Não me canso de ouvir a música Negro Amor (nem a original, do Bob Dylan, nem a versão do Caetano).

terça-feira, 14 de julho de 2009

Hiato?

Eu preciso terminar de escrever uma matéria para amanhã. Como é um assunto que não domino tanto, ainda queria que uma das entrevistadas desse uma olhada. Ou seja, teria que ter terminado já. Mas não sai. Não sai nada. O assunto me interessa demais. É fascinante. Mas eu empaquei no segundo parágrafo. E estou entrando em desespero.
Andei lendo textos de pessoas que eu admiro: Francis, Talese, Dines, Wolfe, Capote e até Palmira Wanderley... e nada!
Desaprendi?
Sei que já são 9h. Dead line chegando. Que bom que trabalho bem sob pressão...

Imagem: Palmira Wanderley, pioneira do jornalismo feminino norte-rio-grandense. Tirada do site Enciclopédia do Nordeste.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Meme - Oito

8 coisas que eu faço bem
Trabalhar
Beijar
Andar de salto muito alto
Cozinhar
Falar inglês
Ouvir
Dirigir
*Tem muuuuuuito mais...

8 coisas que eu não faço bem
Esperar
Dormir
Maquiar-me
Tocar violão
Fingir indiferença
Fingir afeição
Fingir.
*Deve ter mais, mas eu não consegui pensar em outras coisas.

8 coisas que gosto no sexo oposto
Inteligência
Barba
Bom Humor
Educação
Cheiro
Mãos
Pegada Forte
Que me paparique
Buraquinho no queixo
*Passou de oito, mas o buraquinho no queixo... ai, ai!

8 coisas que eu falo sempre
Vamos tomar uma?
Nhá.
Amo você.
Porra.
Então...
To carente.
Vem pra cá hoje...
Por que não?

8 livros que leio sempre
Olhai os Lírios do Campo (Érico Veríssimo)
Antologia Poética (Carlos Drummond de Andrade)
Nova Antologia Poética (Vinícius de Moraes)
Cem Anos de Solidão (Gabriel García Marquez)
O Amor é um Cão dos Diabos (Charles Bukowski)
Vinte Poemas de Amor e uma Canção Desesperada (Pablo Neruda)
Nosso Lar (André Luiz / Chico Xavier)
Para Nascer, Nasci (Pablo Neruda)

8 filmes que vejo sempre

Clube da Luta
Sociedade dos Poetas Mortos
O Fabuloso Destino de Amélie Poulin
A Fantástica Fábrica de Chocolates (versão antiga)
1408
Mensagem para Você
As Horas
Cidadão Kane

8 Lugares que eu adoro estar
Meu quarto
Uma livraria
Rio de Janeiro
Frans Café
Alba’s – Goiânia
Parque Vaca Brava
Deitada no peito dele
Onde estejam as pessoas que eu amo.

8 coisas que não gosto
Reunião de trabalho
Mentira
Ficar sem grana
Gente chata
Gente que se acha
Gente inculta
Pepsi
Jiló

Por minha conta, acrescentei este:

8 coisas que eu gosto muito

Ler
Coca-Cola
Azul
Café
Chocolate
Cerveja
Conversar
Colo

quinta-feira, 9 de julho de 2009

terça-feira, 7 de julho de 2009

Parêntesis

Vi este vídeo no blog do Marco, Antigas Ternuras.
Assistam. É curtinho. E faz pensar.
Good doll, bad doll.

P.S. Eu não sei botar vídeo aqui, então vai só o link. Você acessem.

Céu, tão grande é o céu...

Tinha tempo que eu não pensava em você. Mesmo o sonho que eu tive, em que seu rosto me veio muito nítido não me fez rememorar nada.
Já havia me acostumado à ausência. Não que a falta me fizesse bem, mas já me habituara. É verdade que há tempos não ouvia Lô Borges, Nando Reis ou Tom Jobim. Porque quando se deve esquecer, é preciso manter longe de si tudo o que traz lembranças.
E o trabalho ajuda a manter a mente no estado de não-divagação.
Ainda teve um evento sábado e domingo, que me tomou o dia todo. No entanto, eis que no domingo, pela manhã, durante o trabalho, uma apresentação musical.
A música de encerramento foi esta:

"Céu, tão grande é o céu

E bandos de nuvens que passam ligeiras
Prá onde elas vão, ah, eu não sei, não sei
E o vento que toca nas folhas
Contando as histórias que são de ninguém
Mas que são minhas e de você também..."
(Dindi - Tom Jobim, Aloysio de Oliveira, Ray Gilbert)

O resultado disso? Eu estou pensando em você desde então, Dindi. E se um dia você for embora, me leva contigo, Dindi?

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Diploma

A quem interessa a não-exigência de Diploma para exercer a profissão de Jornalista?

Vamos todos ser tratados por dentistas práticos, marcelos carons, e vamos sim, deixar analfabetos de formação exercer cargos que milhares de profissionais ficaram anos estudando e se aperfeiçoando para fazerem bem.

Enquanto meu próprio texto sobre isso não fica pronto, cito Felipe Pena.



"Os defensores da desregulamentação da profissão são os mesmos que lutam pelo controle do fluxo de informação nos megaconglomerados de mídia e por isso não têm interesse que o público seja mediado por profissionais coerentes e bem formados."

Felipe Pena. "Teorias do Jornalismo". Editora Contexto, 2008. Pág. 12.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Feelings...

Tenho a sensação que deveria voltar aqui mais vezes. Pelo menos para tirar as teias de aranha e a poeira dos móveis e dos livros...
Alguém me perguntou se eu achava que a vida virtual tomava muito tempo. Toma sim. Entre twitters, orkuts, bloggers... fica difícil atender a tudo. Mas a vida real tem tomado o tempo que me sobra para a virtual. E eu tenho aparecido aqui bem menos do que gostaria e deveria. Nem visitando as pessoas que eu gosto de ler. Espero que isso mude.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Insanidade

Para quem está habituada a uma temperatura de 30ºC durante todo o ano ter que aguentar 12ºC nos últimos três dias é de lascar.
Assim sendo, dá-lhe chá, chocolate e espera do tempo quente pra livrar das calorias. Amém.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

As Cartas

Na carta de uma amiga por correspondência tem o seguinte trecho:
"... acho que escrever e sobretudo receber cartas tem tem um gostinho diferente e insubstituível. Não sei se sou meio saudosista ou se você concorda comigo."
Minha resposta a ela:
Se você é saudosista, eu também sou.
Para mim, a carta é muito mais do que o papel escrito. Começa com a chegada da correspondência do outro. Passa por abrir o envelope com cuidado, apreciar a letra. Ler. Reler para entender as entrelinhas. Depois, a preparação para responder: escolher um momento tranquilo, um lugar aconchegante, a música que acompanhará cada uma das palavras. Já na hora de escrever, tem a escolha do papel, da caneta, de cada frase que ali será colocada. Em cada carta que escrevo, coloco um pedacinho de mim. Cada uma é única. Quando o correspondente é antigo, parte do processo é mais fácil. No entanto, algumas coisas ficam... não mais difíceis. Mas parece que o comprometimento aumenta. Já com os novos amigos, há toda a novidade, todos os assuntos ainda por conversar. E a timidez.
Com todos eles, a sensação ímpar de ler algo que foi escrito só e exclusivamente para você.
É por isso que eu ainda escrevo cartas.

terça-feira, 19 de maio de 2009

Selo

O Marco, cujo blog eu sou fã de carteirinha (aliás, e essa expressão, Marco, veio de onde?) me presenteou com o selo: Jovens que Pensam. Pela "lei", eu preciso indicar outras dez pessoas para ofertar o selo, pedindo que eles citem quem deu e ofereçam a outros dez.
Foi uma escolha difícil. De toda forma, aqui estão os dez blogs de minha escolha: Brincando com Palavras, Luz de Luma, Suzi, Qualquer Coisa de Flor, Veleidade, Ramses Sec. XXI, Estava Perdida no Mar, Eu e Minhas Versões, Pleonasmo Vicioso, Floresta da Índia Ursa Sentada.
Havia muito mais gente para presentear. Ainda bem.

sábado, 9 de maio de 2009

Vontades

. Vontade de ir no Kuka. Ouvir música boa e comer aquele pastel imenso.
. Vontade de tatuar uma borboleta.
. Vontade de viver um amor louco.
. Vontade de estar na praia.
. Vontade de sair andando por aí.
. Vontade de ser bem rica.
. Vontade de ter algumas pessoas na minha estante.
. Vontade de não sentir nada.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

CD


Maravilhoso! Eu sou louca por rock dos anos 70.
Fico louca dançando Heart of Glass, com Blondie. E tem American Pie. E Lynyrd Skynyrd que é um tesão né?
Faltou só The Doors.
Falando em The Doors, Of The Doors faz show aqui em Goiânia, dia 26/04. Eu ia. Mas meu bolso não permitiu.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Para Tio Tom


Tio, olha que coisa mais linda!
Um brinde a nós.
Beijos!


Se clicar na foto, dá pra ver melhor.

Lambendo a Cria

Hahahaha! Toda hora eu digito o link do Alfarrábio para ver o blog novo.

terça-feira, 21 de abril de 2009

Obrigada!

Sra. Ana de Toledo e Sr. Oshiro Ana de Toledo (hehehe) pelo novo lay do Alfarrábio!
Amei, amei, amei. Muitas vezes.
As cores eu vou ajeitar com mais tempo. Continuo sem computador, com conexão 3G da Cl*ro. É ruim.
Aceito sugestões!

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Momento Twitter

Cara, esse blog tá muito sem graça.
Ninguém dá um palpite pro layout não?
Suzi?
Um Copo de Cólera. Ensaio sobre a Cegueira. Morangos Mofados. As Vinhas da Ira. Episódio Humano. Bagagem. O Afeto que se Encerra. Reistência. Sociedades Secretas e Como Elas Afetam Nossas Vidas Hoje. Homens São de Marte, Mulheres São de Vênus.

Sua vida também daria o título de um livro?

E quando

A gente quer aquele abraço que está lá longe?

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Rio de Janeiro, a Volta!

Família. Bukowski. Hank. R. Suzi. Mônica. Jôka. Clarinha. Ana de Toledo, linda! Praia. Chopp. Beijos. Abraços. Promessas de novos encontros. Sorvete Itália. Presentes. Sidarda do Hesse pelas mãos da Mônica. Chocolate. Pedido para ficar. Feira de São Cristovão. Vontade de ficar. Copacabana. Tijuca. Botafogo. Colombo. Tijuca, Tijuca, Tijuca.
O coração, como sempre, ficou lá. Eu voltei sozinha.
Depois tem fotos.

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Paráfrase

Doar-se (Ou: Parafraseando Pessoa)
É possível cumprir a tarefa pela metade; mas não seria tão gratificante.
É mais cômodo andar de carona; mas assim perde-se a emoção da velocidade.
É mais prudente desconfiar das pessoas; mas corre-se o risco de não viver os relacionamentos em sua plenitude.
É preciso descansar ao chegar do trabalho; mas a risada da criança é mais valiosa que uma hora a mais de repouso.
É mais fácil ficar em casa que exercitar-se; mas o corpo padece mais cedo.
Sempre há uma forma de se entregar à vida parcialmente. Porém, se assim for feito, assim ela será vivida.

******************************

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa.

Põe quanto és
No mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive

(Fernando Pessoa)

quinta-feira, 26 de março de 2009

Dropes

Dor de cabeça, sono, moleza. Não, não é gripe. É falta de férias!


Cartas para responder, duas apostilas para ler, cem (isso mesmo cem) livros na fila. Acho que eu preciso parar de passar em portas de livrarias.


Sensação de que falta alguma coisa em algum lugar de mim. Sabe aquela história de aspirina para dor na alma? Pois bem.Então que eu estou lendo ao mesmo tempo dois livros do Vinícius. Uma biografia, do Jose Castello, e um de correspondências, organizado pelo Ruy Castro. Comecei a ler o de cartas. Só que há tantos nomes que eu não sabia que papel tinha na vida dele, resolvi ler a biografia primeiro. E fico com saudade das cartas, acreditam?

quarta-feira, 18 de março de 2009

Diário

Ainda bem que existem os diários.
Tem coisas que simplesmente não dá para contar para ninguém.

sábado, 7 de março de 2009

Hoje...

Comprei gramáticas de francês. Com CD de áudio. Um livro com TUDO do Lewis Carrol, em inglês. Papéis para carta (sim, eu escrevo cartas. Se algum dos meus dois leitores quiser trocar correspondência, é só mandar o endereço). Cacau Show.
Fui almoçar feijoada com três amigas muito queridas.
A vida é bem boa. E melhor ainda nas coisas simples.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Ego Descontroll

A Mel me presenteou... E eu retribuo.
E o que eu tenho que fazer é:
1- Colocar logo em seu blog ou post
2- Escolher no mínimo dez blogs que demonstram grande atitude ou pelos quais você tem gratidão
3- Certificar-se de que publicou os links de seus nomeados em seu post
4- Informá-los de que receberam este prêmio, comentando em seus blogs
5- Partilhar o carinho, publicando os links deste post e da pessoa de quem você recebeu o prêmio.

Eu repasso o selinho para pessoas que eu adoro:
Ana Lua
Ana D
Angela Ursa
Jaque
Mônica
Rainha de Copas
Si
Tamara
Thiago
Xará

Piscina

Eu bem queria escrever algo profundo para vocês lerem e refletirem.
No entanto, ultimamente ando tão rasa.
Hohoho.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Os Olhos

Eu escrevi num comentário de um post da AnaD que eu tenho um par de olhos castanhos que moram na minha alma. Desde sempre e para sempre.
No entanto, penso ... será?
"Nunca" e "Para Sempre" são tempos tão... indefinidos. Eles estão sim, dentro de mim. Apesar de querer que outros olhos me invadam para eu saber sentir tudo de novo. E de novo me arrebatar e me lançar sem medo e sem reserva.

Mas aqueles olhos... ah, aqueles olhos.

domingo, 1 de março de 2009

Constatações de Compulsão

Eu gosto tanto de Emily Dinckinson que comprei o mesmo livro. Duas vezes.
Se alguém gostar de poesia, me diz que eu mando o livro. Rápido, porque já disponibilizei pra troca no Trocando Livros.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Desabafo

Eu não posso ir no blog do Ordisi. Nem no blog da Mimi.
Preciso de ingresso... :)
Alguém vende?

Argh!

Se você mora no Brasil, por que não aprende a escrever em português correto?
Alunos burros. Futuros professores burros.
Melhor. Continuem assim. Desta forma, eu tenho trabalho garantido para a vida.
Não é nada pessoal... só um desabafo.

domingo, 15 de fevereiro de 2009

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Crise

Crise de choro.
Crise de fazer mala.
Crise de casulo.
Crise de achar que as pessoas só te procuram quando precisam.
Tenho que ir pra Palmas. Não quero ir. Quero ir pro Rio. Quero ir pra Sibéria. Quero ir pra longe.
Crise de saudade. De alguém que tem a voz e a presença longe. E aqueles olhos castanhos. Que abrigam tudo lá.

"Duas pessoas podem se sentar de frente e nunca se verem. Outras, podem estar separadas e nada as manterá longe." (Anne, para Jack Lucas - O Pescador de Ilusões, filme.)

sábado, 31 de janeiro de 2009

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

.dói. porque eu tenho saudades.
.com certeza eu não tenho saudades porque dói.
.ou serei eu masoquista?

domingo, 18 de janeiro de 2009

De Vontades, Desejos e Quereres Possivelmente Possíveis

Queria meu casulo. Bem só e bem escuro. Quero ir a um parque bonito. Quero um dicionário. Quero ler os livros todos*. Quero um espaço para eles. Desejo amar um homem. E ser amada por ele. Quero escrever bonito. Quero fazer coisas que ainda não fiz. Quero falar francês. Quero fazer um curso de português. Quero fazer uma nova e excelente amiga. Quero saber o que desejo da minha vida. Quero blogar todo dia. Quero tanto... Quero emagrecer mais. Quero não estar triste por fazer 34 anos. Quero que o Léo** me mande mais e-mails que me façam chorar. Queria que ele não tivesse ido embora. Queria ter tido coragem de ir me despedir dele quando foi. Quero muito ver a Tâmara quando ela vier para o carnaval. Quero não ter mais um verbo imperfeito. Quero que o verbo transitivo seja perfeito. Quero ler um livro e tomar um café. Quero que meu diário seja diário. Quero esquecer o gosto daquele cigarro. Quero lembrar desse gosto para sempre. Quero não ter mágoa de um amigo que amo muito. Quero que as coisas voltem a ser como eram antes. Quero cabelos bem longos. E unhas sempre bem feitas. Quero re-aprender a usar o hífen. Quero me concentrar. Quero morrer de chorar. Quero muitas gargalhadas. Quero que alguém faça um retrato bonito meu. Quero ler o Antigas Ternuras em livro. Quero férias de um mês em que eu não tenha compromissos a não ser ter férias de um mês. Quero (e preciso) tomar um banho de mar, com o sol bem forte me queimando. Quero muito. Quero nada ao mesmo tempo.
_________________________________
* Eu tenho cerca de 450 livros em casa. A maioria deles no meu quarto. Penso em me desfazer de alguns e ficar só com os clássicos. Mas eu tenho um projeto que envolve livros. Então fico na dúvida.

** Léo é um primo que eu amo demais. Ontem ele me mandou um e-mail que me fez lembrar, chorar, sentir saudades. É meu amigo de infância. E uma pessoa que mesmo quando está longe de mim, está bem dentro. E sou eu quem tem a agradecê-lo.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Momento Twitter

- Quero sorvete. E quero agora.
- Crise pré - 34. Algum conselho?
- Não se esqueçam de mim. Eu não me esqueci de vocês. Estou só numa fase... bem, pré-34.

domingo, 4 de janeiro de 2009

Sobre Livros e Apego

Então que fuçando no Orkut, vi uma comunidade que se chama "Perca um Livro". Achei a iniciativa ótima. Resumindo, é o seguinte: você vai "perder" um livro para que alguém ache. A pessoa o lerá e fará o mesmo com uma outra obra. Para isso, tem que entrar no site, cadastrar o livro que vai "perder", dizer onde ele estará e imprimir uma etiqueta com um código que você colará nele.
Claro que eu quis participar. Incentivar a leitura é comigo! Fui escolher, entre todos os meus preciosos, algum maravilhoso que fosse ter a sorte de ser encontrado por alguém que ia folheá-lo com a mesma paixão que eu. Aí começaram os problemas. Ninguém vai cuidar de um livro meu como eu cuido. Ninguém vai cheirar as páginas, sentir a textura, saber o que cada frase daquele livro quis dizer. Partindo desta premissa, eliminei os clássicos. Os de consulta e referência nem tinham me passado pela cabeça. Ficaram quietinhos na estante: Kerouac, os Rubens, os Veríssimos, todos os modernistas, Caio Fernando Abreu, todos os poetas, inclusive Olavo Bilac, que eu acho um pouco pedante. Restaram os livros de crônicas e contos. Não. Mais uma vez, eu não pude me desfazer de nenhum modernista. Cecília, Clarice, Drummond, Vinícius, Paulo Mendes Campos... ficaram onde estavam. Machado de Assis é minha paixão. Então salvei também Helena, O Alienista, Contos Escolhidos, dentre outros. Ensaios! Claro, eu ia perder um ensaio. Instrutivo, maravilhoso. Poxa, mas se é tão instrutivo e maravilhoso assim, eu não posso perder. Vai me servir. Rá! Os de psicanálise. Afinal, não é minha área, eu não tenho porquê guardá-los. Mas incentivar alguém a ler com livros de psicanálise? Acho que não. Auto-ajuda. Os livros que eu tenho de auto-ajuda (Augusto Cury, Nuno Cobra, e afins) são poucos, ganhados e não lidos ainda. Se as pessoas me deram um livro desse gênero, é porque acham que pode me ser útil de alguma forma. Pelo menos, vou lê-los primeiro.
Sobraram, caros amigos, os pocket books e os chicklits. E assim foi feita a escolha. Meu primeiro livro perdido será Gossip Girl, versão em inglês, de 2004, da Warner Books.
Espero que eu ache algum sobre "A Arte do Desapego".


P.S.: A quem interessar possa: o livro será perdido amanhã, dia 05/01. Incialmente, tinha colocado como o lugar a Praça do Sol. Devido a chuva, vou perdê-lo num lugar fechado. Será no Shopping Flamboyant. Praça de Alimentação.

No Passado ...