terça-feira, 25 de julho de 2017

Ao meu passado

Não quero mal a você. Sei que me ensinou coisas que eu precisava entender e aprender. Coisas que me fizeram enxergar mais e melhor. Que me prepararam para viver o que vivo hoje, em vários aspectos da minha vida.
Mas não vou lhe cultuar. Nem sentir saudades. Você passou. Não vamos nos ver novamente. Não vamos viver mais nada juntos. Hoje eu vivo o presente, que me permitirá o futuro que quero.
Seja feliz. Serei também.

sexta-feira, 31 de março de 2017

Ando com preguiça de fazer as tarefas do dia a dia, como ir à farmácia, abastecer o carro, arrumar a cama pela manhã, pagar contas. Não é bem preguiça. É 'não-sei-o-que'. O caderno está desatualizado. O livro de perguntas também. Estou lendo vários livros desde janeiro. Este ano o único que li rápido foi 'Livre', quando estava de férias. As séries estão do mesmo jeito. Procrastinação em várias áreas da vida.

terça-feira, 28 de março de 2017

Jabs da Janes

Indo para o trabalho pela manhã vi um garoto (devia ter uns 15 anos) pegando o número do telefone de uma menina da janela do coletivo. Ela do lado de dentro, ele de fora. Achei bonitinho que ainda exista paquera assim. Espero que ele ligue. E ela atenda.

**
Libertar-se do passado pode ser difícil. Mas deve ser feito.

**
Sonhos no estilo David Lynch me assustam. Acordo sem saber se sonhei ou se aconteceu. Muito vermelho. Muito verde. Muita maquiagem.

**

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Sonhei que eu casava com M. Nós dois descendo uma escada. Os dois de sandália havaiana prateada cantando Perhaps Love, do John Denver. Foi bonito.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

A única parte boa de ser adulto é poder comer a sobremesa antes da refeição.
Quando foi que ficou tão difícil?

.

Minha memória está péssima. Se não anoto, ou não faço na hora, há grandes chances de não me lembrar. Seja do que for: compromissos profissionais, devolução de livros na biblioteca. Tudo.
Esqueci sobre um livro que li o ano passado e foi lindo e marcante.
O que mais eu esqueci?


.


Ética cabe em qualquer lugar e em qualquer profissão. Mas parece que quando são médicos que agem incorretamente, expondo seus pacientes (estou falando do caso da Dona Marisa Letícia) pesa mais. É mais triste, mais baixo.


.

Não desejar ao outro o que não quer para você.


.

Fiz 42 anos no último dia 31.