quarta-feira, 18 de março de 2009

Diário

Ainda bem que existem os diários.
Tem coisas que simplesmente não dá para contar para ninguém.

18 comentários:

  1. simplisment ?????
    ai ai ai
    francês?

    abraços e beijos

    ResponderExcluir
  2. Anônimo, querido, obrigada por apontar o erro.
    Abraços,
    Janaina.

    ResponderExcluir
  3. Não mesmo. Tem coisinhas q nem escrever tenho coragem. Vai q um dia alguém pega e lê...rs

    ResponderExcluir
  4. E também existem aquelas que sequer devem ser escritas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. :)

    Eu te entendo perfeitamente, Nina!
    Faço o mesmo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. O silêncio da solidão mora em meus olhos
    Revela-se na tristeza, retém a palavra amarga
    Tem a nudez de um aguaceiro de Maio
    Uma garganta presa em grades que a voz embarga

    Hoje a Ilha acordou presa ao silêncio
    Os pássaros voaram no chão de barro frio
    Esqueceram-se de subir ao azul
    Lavaram as penas nas águas de um rio


    Convido-te a descansar a alma nas minhas pedras de Ouro


    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  7. Ainda bem (para os diários) que há os que escrevem neles. Eu nunca tive muita disciplina, não, mas acho lindo. Ah01 - soube que vc está pra vir ao Rio. Vem qdo? / Ah02 - adorei seu selinho em prol do diploma de jornalistas. Como faço pra incluir isso no meu blog?. Bjs e bjs :* (ps. Ah03 - ñ sei se já comentei, mas gostei da lay nova)

    ResponderExcluir
  8. Janaina, tem sempre uns(ou umas) anônimo(a)s (como esse comentário aí acima) que surgem do nada pra dar uma pentelhadinha, né ?
    E você se saiu com a classe e o bom humor de uma perfeita lady, parabéns !
    Bjs !

    ResponderExcluir
  9. Sei muito bem o que vc quer dizer...

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  10. E foi numa dessa que meu irmão descobriu meus segredinhos. rssrsrsr

    Bjos!!

    ResponderExcluir
  11. Não se omita. Fale!
    Uma correção: quando li pela primeira vez a palavra "selinho" aqui, julguei que tivesse o mesmo significado que aqui. Trata-se de um beijinho inocente, que consiste em encostar os lábios nos lábios do(a) outro(a). Tenho uma foto de Vc., ainda de colo, me dando um "selinho", na casa em que Vcs. moravam, aí em Goiânia. Vou procurar para mostrá-la qdo. Vc. vier.
    Desculpas e milhões de beijos.

    ResponderExcluir
  12. Entendo!
    E concordo em gênero, número e grau.
    Não é a toa que sempre mantenho dois diários...um escrito e um ilustrado...hsuahsuhaus
    Beijocas flor!

    =}

    ResponderExcluir
  13. Então... ;)
    beijos querida

    ResponderExcluir
  14. E tem coisas que não dá para contar nem pro diário.

    ResponderExcluir
  15. O legal mesmo é ler o diário muito tempo depois, aí a gente vê como mudou em algumas coisas e que outras permanecem intactas.

    ResponderExcluir

Diga-me!