sexta-feira, 17 de abril de 2009

E quando

A gente quer aquele abraço que está lá longe?

6 comentários:

  1. Aí a gente chora...

    (bem, pelo menos eu, que sou uma manteiga derretida mesmo)

    ResponderExcluir
  2. Aí a gente espera, torce, procura, inveta motivos, razões, esquisitices, loucuras...

    Eu quero tanto um abraço que se foi há meses...
    É o abraço certo sabe?
    Aquele que guarda a gente, que nos faz sentir como se fôssemos crianças outra vez.


    Eu espero.
    Espero...
    E s p e r o....

    Até lá vou abraçando minha vontade!

    Bjokssss

    ResponderExcluir
  3. ahhh sei bem o que é isso. Pega o telefone e tenta sufocar a saudade com um "alô" pelo menos...

    ResponderExcluir
  4. Gio, e o orgulho? Enfia no saco?

    ResponderExcluir
  5. HUMMM
    SEI BEM O QUE É ISSO ...SEI BEM!
    BJAO, FRÔ!

    ResponderExcluir
  6. É...
    Não sei nem o que dizer... O que escreverei é totalmente baseado em suposições!

    Também sei bem o que é isso! Mas tudo depende, porque se os braços do abraço que está lá longe anseiam por te envolver, talvez as circunstâncias não precisem ser mais fortes que o sentimento...

    Os braços do meu abraço lá de longe consideraram que a distância era intransponível. O que esses braços mal sabiam é que minhas pernas só precisavam de um: venha!

    (o meu orgulho foi uma importante proteção nesse caso, porque eu teria dado com a cara na porta!)

    Beijos, moça!!

    ResponderExcluir

Diga-me!